Aliar a culinária e a fotografia e ainda ter tempo para fazer publicidade e tertúlias gastronómicas em casa, são algumas das árduas tarefas diárias de Hugo Campos, um apaixonado pela profissão de fotógrafo/ cozinheiro.

Se há algum pormenor que não compreende Hugo Campos, consultor de culinária e responsável pelas imagens da revista culinária Boa Mesa e outras publicações da editora Edimpresa, só desiste quando vê saciada toda a sede de conhecer. Busca e rebusca, faz cursos e aprende até à exaustão. É assim com a fotografia desde os 21 anos e com a culinária.

Descendente de beirões e alentejanos, começou por acreditar na engenharia de máquinas. Fez três anos da licenciatura mas descobriu que seria infeliz se enveredasse por uma profissão das 9h às 17h. Preferiu a fotografia. Interessou-se pela moda, trabalhou em agências de modelos e conheceu o mundo da publicidade, alcançando méritos como:

1º prémio da revista “Marketing e Publicidade” com a campanha da Price Waterhouse.

Destaque na matéria  “Móvel e Escultura – Casa Cláudia Dez/96” no concurso do XXII Prémio Abril Jornalismo.

A melhor Reportagem “Aos Nossos Alentejões” – Casa Cláudia Jun/97 no concurso do XXII Premio Abril de Jornalismo.
Até que teve a oportunidade de reunir à fotografia a culinária, outra paixão e um legado da sua avó materna, uma cozinheira de mão cheia com quem aprendeu a saborear verdadeiros manjares e pela qual começou a cozinhar.

Foi então que o tal bichinho da curiosidade o levou a organizar e participar em cursos e congressos de culinária. Desde a cozinha oriental à ocidental, passando por variantes de “fusão” , aplicações de novas técnicas à cozinha clássica até à pastelaria, Hugo começou a traçar o seu perfil de verdadeiro conhecedor global das artes gastronómicas. Daí até assumir e dirigir o estúdio/ cozinha da editora Edimpresa e começar a fotografar o que cozinhava foi quase um pulinho.

Hoje é responsável pelas receitas e respectivas fotos da maioria das revistas da empresa. Não prescinde, contudo, da aprendizagem constante, é um habitué de cursos e congressos internacionais e não se importa de fazer uma viagem para conhecer um restaurante especial. Quando lhe perguntamos se um destes dias podemos ser convidados para uma visita a um restaurante com o nome Hugo Campos, garante que “para já não”. Seria demasiado rotineiro para a sua costela de bichinho criativo. Prefere continuar a dividir-se entre a culinária, a fotografia, a publicidade e as suas participações como júri em concursos de culinária do que confrontar-se com a rotina de um restaurante. Entretanto garante que vai continuar a presentear-nos nas páginas das revistas com as suas dicas e receitas que testa nos jantares que costuma preparar em casa perante chefs de cozinha e críticos gastronómicos.

Facebook
Google+
https://ibyhc.com/about-us">
Twitter
Pinterest